Chico Pinheiro diz que vai lutar "contra a barbárie" nas eleições

"Na minha opinião, o golpe está sendo dado, mas não é mais com tanques nas ruas, e sim com a desmoralização das instituições", disse o jornalista

www.brasil247.com - Chico Pinheiro
Chico Pinheiro (Foto: Divulgação/TV Globo)


247 - O jornalista Chico Pinheiro afirmou que pretende usar "a arma da caneta" para lutar "pela civilização e contra a barbárie".

A declaração foi para comentar a sua saída da Rede Globo, após 32 anos na emissora. Ele garante que não vai se envolver com candidaturas, como se especulou.

"Se precisar me envolver com alguma bandeira para lutar, com a arma da caneta, pela civilização e contra a barbárie, estou aqui. Porque eu não estou a serviço de candidatos, mas da democracia. Na minha opinião, o golpe está sendo dado, mas não é mais com tanques nas ruas, e sim com a desmoralização das instituições", disse o jornalista em entrevista à Cristina Padiglione, colunista da Folha.

Na entrevista, Pinheiro comentou sobre o áudio vazado em 2018, em que se mostra indignado com a prisão de Lula. "Às vezes eu causava sustos, digamos. Cheguei a chamar de golpe, no Bom Dia Brasil, a comissão formada para o processo de impeachment da Dilma, que era liderada pelo Eduardo Cunha, deputado cassado pouco depois do impeachment. Eu disse textualmente: 'Não vejo nenhuma autoridade moral nessa comissão de Eduardo Cunha porque todos os envolvidos estão com suspeitas de corrupção. Como eles querem ter autoridade para cassar uma presidenta democraticamente eleita? Isso é golpe. Ninguém aí tem autoridade moral pra isso'".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247