CNN demite Leandro Narloch após comentários homofóbicos

O conselho da CNN Brasil decidiu dispensar o comentarista no começo da tarde desta sexta-feira (10), após comentários em que ele associou a população LGBT à promiscuidade

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A CNN decidiu demitir Leandro Narloch após comentários em que ele associou a população LGBT à promiscuidade, informou Fefito em sua coluna no UOL.

O comentário foi feito quando Narloch falava sobre decisão do STF que liberava gays a doar sangue e gerou uma série de críticas por usar termos como "opção sexual", restringir a contaminação por HIV à população homossexual e associá-la à promiscuidade.

Ele agora está fora de todos os telejornais da emissora e ainda não tem substituto. Procurada, a emissora confirmou o afastamento e enviou a seguinte nota: 

"A CNN Brasil comunica que decidiu rescindir o contrato do jornalista e escritor Leandro Narloch. A empresa agradece pelos serviços prestados no período em que ele fez parte de nossa equipe de analistas e deseja sucesso no seguimento da carreira".

Confira o vídeo com o comentário:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email