Com a boca no trombone, 13 de maio

Neste domingo, valorizamos a voz dos internautas que, rotulados como insetos ou robôs, entraram em crise de identidade em pleno Dia das Mães

Com a boca no trombone, 13 de maio
Com a boca no trombone, 13 de maio (Foto: Shutterstock)

247 – O tema mais comentado das últimas 24 horas, sem dúvida, foi a posição da revista Veja em relação aos protestos que vem sofrendo nas redes sociais. A publicou da Abril classificou como “insetos” e “robôs” os internautas e leitores que vêm promovendo seguidos tuitaços. Eis o que dizem alguns deles:

1. Rubens 12.05.2012 às 17:14

A Veja me pôs em crise de identidade. Participei do tuitaço e não sou robô, não sou inseto nem petista (sou anarquista e, portanto, inimigo qualquer tipo de instituições partidárias).

2. Marco 12.05.2012 às 14:55

Existem várias ferramentas que possibilitam rastrear se uma "hashstag" é manipulada ou não. Nenhuma feita contra a Veja foi identificada como fraudulenta. Mas as favoráveis (todas elas), sim. Acho que isso explica tudo. Hoje, por exemplo, a hastag #vejacommedo domina os TTs, mas observem que por volta das 21hrs surgirá "do nada" uma hashtag favorável a publicação do Civita. Ela ficará no topo até umas 22hrs e depois desaparecerá. É só conferir.

3. André Oliveira 12.05.2012 às 14:48

Quem gosta da Veja que faça uma campanha a favor então. Caiu a casa da imprensa podre, amiga dos poderosos e dos seus seguidores da direita. O BRASIL NÃO PERTENCE A VOCÊS ! Perdeu playboy ! Não gostou ? Foge pra Miami.

4. Lucas Garcia 12.05.2012 às 14:32

O pessoal do PT e demais vermelhos declararam guera contra a VEJA? Opa, acabei de me decidir. Vou assinar a revista! Se é ruim pra essa corja, é bom para o país!

5. Formiga Solitária 12.05.2012 às 13:31

Joseph McCarthy voltou do túmulo, agora ele se chama Veja. " Se você é contra as minhas ações, você é um comunista !"

6. Vander Ferreira Salles 12.05.2012 às 13:18

É inacreditável a cara de pau dos editores de Veja. Dizer que a imagem da revista não está arranhada é de uma hipocrisia abissal. Conheço várias pessoas que eram fãs de Veja e que agora andam muito desconfiados das matérias publicadas pela revista. É óbvio que a direita reacionária, nunca vai dar o braço a torcer e vai continuar "prestigiando" à revista, até porque ela não teria aonde se agarrar. Veja é um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nas últimas três semanas, e em 80% desses comentários, de forma negativa.

7. Eduardo Ramos 12.05.2012 às 12:37

A Veja já era, está num caminho sem volta de desmoralização total, aliás, é de causar espanto que alguém compre uma revista capaz de manter como colunista uma aberração como o Reinaldo Azevedo, um tipo asqueroso, que usa termos chulos para atacar adversários, e alimenta o ódio e o preconceito contra partidos, governos, pessoas, e nunca o debate das idéias. O radicalismo enfermo da revista, e sua associação criminosa com Cachoeira foram decisão do dono, o Roberto Civita, que ordenou ou permitiu que os Sabinos da vida levassem a revista por esse caminho sórdido! Agora não tem jeito, não tem conserto, os furos na represa se abriram, é questão de tempo a inundação e o afogamento da revista, na própria sujeira. O Brasil 247 deve a todos seus leitores, isso sim, uma reportagem séria, sobre a maior calhordice de Veja: o tal grampo sem áudio, quando Veja, Cachoeira, Demóstenes e Gilmar Mendes, se associaram para criar uma crise institucional no Brasil. Isso é imoral, é criminoso, é imundície ética, quem pratica jornalismo isento deveria trazer a verdade daquele espisódio fétido, à luz, nós brasileiros temos direito de saber quem estava envolvido diretamente nessa farsa. Fica a sugestão!

8. Fátima 12.05.2012 às 12:24

Mosca na Sopa Raul Seixas Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar Eu sou a mosca que perturba o seu sono Eu sou a mosca no seu quarto a zumbizar Eu sou a mosca que perturba o seu sono Eu sou a mosca no seu quarto a zumbizar E não adianta vir me dedetizar Pois nem o DDT pode assim me exterminar Porque você mata uma e vem outra em meu lugar Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar Atenção, eu sou a mosca A grande mosca A mosca que perturba o seu sono Eu sou a mosca no seu quarto A zum-zum-zumbizar Observando e abusando Olha do outro lado agora Eu tô sempre junto de você Água mole em pedra dura Tanto bate até que fura Quem, quem é? A mosca, meu irmão Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar E não adianta vir me dedetizar Pois nem o DDT pode assim me exterminar Porque você mata uma e vem outra em meu lugar Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar Eu sou a mosca que pousou em sua sopa Eu sou a mosca que pintou pra lhe abusar Eu sou a mosca que perturba o seu sono Eu sou a mosca no seu quarto a zumbizar Eu sou a mosca que perturba o seu sono Eu sou a mosca no seu quarto a zumbizar Mas eu sou a mosca que pousou em sua sopa...

9. manoel rodrigues 12.05.2012 às 11:27

Não sou robô e muito menos militante do PT. Hoje, às 18 horas, estarei no Twitter e irei postar #VejaComMedo. A verdade é que a blogosfera está deixando a "imprensa livre" de cabelo em pé. Já não são mais os donos da verdade. Antes o que eles publicavam era a "pura" verdade. Não havia como contestar. A velha mídia sempre funcionou como pensamento único. Hoje, existe contestação. E isso eles não suportam. Contra ponto do PIG, VÃO TER QUE NOS ENGOLIR!!!!! Chupem essa manga! Com amor e carinho aos srs. Civitas, Marinhos, Frias e Mesquitas.

10. marco almeida 12.05.2012 às 10:41

Opa! Será que eu entendi bem? A Veja quer “governança sobre a internet”? Apoio a idéia e proponho uma radicalização. Uma governança sobre as comunicações em geral. Afinal precisamos rever os contatos com as teles que são extremamente danosos aos usuários, a lei de concessão de rádios e TVs abertas, a lei das TVs a cabo, um marco regulatório da internet e também, pq não, uma marco regulatório da imprensa. Isso sim seria uma grande avanço na e para as comunicações no Brasil. Democracia plena e radical já!

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247