Com elogio, Bolsonaro mata a credibilidade da CNN Brasil antes mesmo da estreia

Ao condenar a mídia corporativa tradicional e defender o jornalismo da CNN, que ainda nem estreou, Jair Bolsonaro deixa claro que a franquia brasileira da emissora faz parte de um projeto político de poder da extrema-direita no Brasil

www.brasil247.com -
(Foto: Isac Nóbrega/PR | Divulgação)


247 - Em sua live desta quinta-feira nas redes sociais, Jair Bolsonaro elogiou a CNN e mostrou que tem elevada expectativa do início da operação da rede americana no Brasil. "Está para ser inaugurada uma nova TV no Brasil, a CNN Brasil. Pelo que estou sabendo vai ser uma rede de televisão diferente aí da Globo", disse. 

"Torço para que isso seja real, realmente, para que a gente possa destinar aqui, fazer com o que os nossos ministros vão dar entrevista para essa televisão e não para televisão que quando acaba, como a Globo, que é comum: ouve meus ministros, alguns não falam, é direito não falar, acaba a entrevista, mas dá a entender que aquele ministro é um bom ministro apesar do presidente", prosseguiu. 

Ao mesmo tempo, o ocupante do Palácio do Planalto defendeu o boicote a veículos da mídia corporativa nacional. Ele instou a Fiesp a se incorporar à sua cruzada contra esses veículos. "Vou ter uma reunião na Fiesp em São Paulo, agora comecinho do mês que vem, vou falar com o empresariado lá, esse assunto vai voltar à tona. E o que vou falar para o empresariado lá? Até bom adiantar aqui, entre outras coisas, obviamente. Que esses jornais, essas revistas, revista Época, jornal Folha de S.Paulo, não anunciem lá, um jornal que só mente o tempo todo, trabalha contra o governo", afirmou. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Por seu turno, o vice-presidente de canais pagos do Grupo Bandeirantes, Paulo Saad, disse nesta sexta-feira (21), acreditar que existe "um projeto político" por trás da criação da CNN Brasil.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email