CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Como os internautas venceram a Arezzo

Coleo Pelemania foi bombardeada pelas redes sociais por usar peles de animais em sua confeco; empresa anuncia que recolher peas

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Gisele Federicce_247

A coleção Pelemania da marca Arezzo, confeccionada com peles de animais, foi fortemente criticada nos últimos dias, em especial pelas redes sociais. A página da empresa no Facebook foi preenchida com comentários críticos dos usuários, que em geral achavam um absurdo o uso desses materiais para a criação dos produtos. O tema foi um dos mais populares no Twitter ao longo do final de semana e de toda a segunda-feira. Esta tarde, a Arezzo publicou uma nota em seu site oficial, no Facebook e no Twitter, informando que retiraria das lojas todas as peças da coleção que tivessem peles de animais.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Às 18h50 da segunda-feira, apenas a nota da empresa publicada em sua página no Facebook gerou 216 comentários. A usuária Mariana Bonfim escreveu: “Agora, em troca, que tal apoiar uma ONG contra maus tratos aos animais?”. Natália de Andrade acrescenta: “Apoiar não, reverter parte da venda da marca a uma instituição de proteção aos animais! É o mínimo...”. No Twitter, as críticas também permaneceram mesmo após o anúncio de que a coleção seria recolhida das lojas. “A Arezzo vai recolher as peças de pele das prateleiras... e a vida dos animais?!”. A usuária Vládia Catunda publicou em sua página do microblog: “Ridículo é ver que ainda tem gente que acha normal e chique usar pele de um animal morto!”.

O ponto de partida de toda a repercussão foi a divulgação pela empresa das fotos de lançamento da coleção, que aconteceu na quinta-feira 14, em suas páginas nas redes sociais. O álbum do Facebook gerou mais de 70 comentários dos usuários, a maioria em ataque à coleção. O primeiro é de Andréa Rosa: “Que absurdo, Arezzo! O ‘mundo’ todo procurando uma maior consciência e vocês utilizando pele de animais para seus produtos? Arezzo nunca mais!”. Outra usuária apelidou a coleção de “Mortemania”, em referência ao nome dado pela empresa, “Pelemania”.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Em sua nota, a Arezzo escreve que entende e respeita as opiniões e manifestações contrárias ao uso de peles exóticas na confecção de seus produtos e esclarece que suas peças são devidamente regulamentadas e certificadas, cumprindo todas as formalidades legais que envolvem a questão. “Por respeito aos consumidores contrários ao uso desses materiais, estamos recolhendo em todas as nossas lojas do Brasil as peças com pele exótica em sua composição, mantendo somente as peças com peles sintéticas”. Por fim, acrescenta: “Não entendemos como nossa responsabilidade o debate de uma causa tão ampla e controversa”.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO