Conar: anúncio do azeite Gallo terá de ser modificado

Apea com a mensagem O nosso azeite rico. O vidro escuro o segurana foi acusada de promover o racismo; a deciso do Conar no aplica sano, apenas sugere que ele seja modificado

Conar: anúncio do azeite Gallo terá de ser modificado
Conar: anúncio do azeite Gallo terá de ser modificado (Foto: DIVULGAÇÃO)

Fernando Porfírio _247 - O anúncio apresentando da nova embalagem do azeite Gallo deverá ser modificado. A decisão foi tomada nesta quinta-feira (8) na reunião do Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar). A peça, criada pela agência AlmapBBDO, apresenta a nova embalagem de vidro do produto, com a mensagem publicitária: “O nosso azeite é rico. O vidro escuro é o segurança”.

A decisão do Conar não aplica nenhuma sanção aos criadores do anúncio, apenas sugere que ele seja modificado. Em novembro do ano passado, a peça, criada para ser veiculada em jornais e revistas, foi acusada de promover o racismo.

O processo no Conar foi aberto em novembro, após a denúncia de uma pessoa que não se identificou. Logo em seguida, a empresa retirou o anúncio dos meios de comunicação. O azeite Gallo é produzido em Portugal pela Gallo Worldwide, uma joint venture entre a Unilever e o grupo português Jerónimo Martins. No Brasil, a distribuição é feita pela Cargill.

De acordo com o jornal o Estado de S. Paulo, desde 2010, o Brasil é o maior mercado da Gallo, ultrapassando até o consumo em Portugal. Em 2011, 40% das vendas vieram do Brasil e 30% de Portugal. O restante é proveniente de outros 47 países. A companhia depende do Brasil para alcançar sua meta global: subir de quinto para terceiro maior produtor mundial de azeite em três anos. No País, a empresa tem 25,8% do mercado brasileiro de azeites.

No ano passado, um comercial da fabricante de lingeries Hope, estrelado pela modelo Gisele Bündchen, provocou a ira da Secretaria de Políticas para as Mulheres, da Presidência da República. A secretaria considerou a campanha preconceituosa em relação às mulheres e pediu a suspensão da propaganda. O Conar recomendou o arquivamento do processo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247