Conselho vai analisar campanha do Boticário com gays

Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) abriu processo sobre o comercial de O Boticário que mostra casais heterossexuais e gays em campanha pelo dia dos namorados; a peça foi acompanhada de cerca de 30 reclamações de consumidores que argumentam que o comercial desrespeita a constituição da família brasileira

www.brasil247.com - Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) abriu processo sobre o comercial de O Boticário que mostra casais heterossexuais e gays em campanha pelo dia dos namorados; a peça foi acompanhada de cerca de 30 reclamações de consumidores que argumentam que o comercial desrespeita a constituição da família brasileira
Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) abriu processo sobre o comercial de O Boticário que mostra casais heterossexuais e gays em campanha pelo dia dos namorados; a peça foi acompanhada de cerca de 30 reclamações de consumidores que argumentam que o comercial desrespeita a constituição da família brasileira (Foto: Roberta Namour)


247 - O Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) informou que vai abrir um processo para analisar o comercial de O Boticário que mostra casais heterossexuais e gays. A peça foi acompanhada de cerca de 30 reclamações de consumidores que argumentam que o comercial desrespeita a constituição da família brasileira.

No vídeo da campanha no Youtube, dos quatro casais que se encontram com presentes da marca pelo dia dos namorados, dois são homossexuais: um de homens e outro de mulheres. Não há beijo explícito.

Após a repercussão do caso, as curtidas ultrapassaram 264 mil, contra cerca de 164 mil "não curtir".

Assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email