Constantino chama de "monstro” homem agredido até a morte no Carrefour

Jornalista de extrema direita usa novas imagens para insistir na tese de que não houve racismo no assassinato de João Alberto

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - O jornalista Rodrigo Constantino voltou a tentar justificar, neste sábado (21), em sua conta do Twitter, o brutal assassinato de João Alberto, um homem negro, por seguranças brancos da rede Carrefour.

Para o jornalista, “a ficha corrida do sujeito, que pelo visto gostava de espancar mulheres, serve para mostrar que a esquerda tenta explorar como mártir um monstro”.

Constantino usa como justificativa uma das imagens das câmeras de segurança da loja, onde João Alberto, ao ser conduzido para fora, dá um soco em um dos agentes.

Leia mais na Fórum.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247