Coronel ameaça prender Carlos Bolsonaro durante CPMI das fake news

O presidente da CPMI das fake News, senador Angelo Coronel (PSD), fez ameaças ao vereador Carlos Bolsonaro. Ele disse: “Farei uma pergunta muito simples [a Carlos]: você usou fake news para depreciar adversários? Se você mentir, eu posso lhe dar voz de prisão”.

Carlos Bolsonaro
Carlos Bolsonaro (Foto: Renan Olaz/CMRJ)

247  O presidente da CPMI das fake News, senador Angelo Coronel (PSD),  fez ameaças ao vereador Carlos Bolsonaro.  Ele disse: “Farei uma pergunta muito simples [a Carlos]: você usou fake news para depreciar adversários? Se você mentir, eu posso lhe dar voz de prisão”. 

Como comandante da CPMI, Coronel tem a prerrogativa de dar voz de prisão caso entenda que o depoente está mentindo.

Coronel ainda disse: "ansioso por ficar frente a frente com o filho de Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro (PSC)."

A reportagem do portal IG destaca que "durante o programa Coletiva, da TV Câmara de Salvador, Angelo Coronel lembrou que Carlos Bolsonaro não poderá mentir e será convocado pela relatora do caso, deputada Lídice da Mata (PSB), para depor sobre acusações de divulgar fake news nas redes sociais.".

A matéria ainda lembra que "Carlos Bolsonaro é vereador no Rio de Janeiro e grande defensor do governo do pai nas redes sociais. Ele é investigado na CPMI das fake news por ter proliferado supostas notícias falsas durante a última campanha eleitoral."

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247