Crime de bolsonarista contra dirigente do PT repercute no exterior

Assassinato marca “escalada de violência” no Brasil, dizem agências noticiosas internacionais

www.brasil247.com - 10/07/2022
REUTERS/Christian Rizz
10/07/2022 REUTERS/Christian Rizz (Foto: STRINGER/Reuters)


247 - O jornalista Nelson de Sá informa em sua coluna na Folha de S.Paulo que o assassinato de um dirigente petista por um militante bolsonarista teve ampla repercussão na mídia estrangeira.

"A cobertura externa dos ataques à campanha petista já vinha crescendo, com relatos como 'Polícia prende homem que jogou explosivo no comício de Lula', na Bloomberg, e 'Ex-presidente passa a usar colete à prova de balas', do argentino Ámbito Financiero a portais chineses como Sina Finance", escreve o jornalista.

Com o assassinato em Foz do Iguaçu, a Reuters despachou, para ampla reprodução em publicações dos EUA e da Europa, a reportagem "Dirigente de partido no Brasil é morto a tiros em meio a escalada da violência política pré-eleitoral". A agência assinala que se trata de "um mau presságio" para a eleição presidencial no país. 

A agência France Presse também despachou, para reprodução em jornais como Le Figaro que o "Partido de Lula denuncia assassinato de um de seus ativistas". Observa que "o presidente de extrema direita Jair Bolsonaro facilitou o acesso a armas desde que chegou ao poder".

O atentado teve ampla repercussão na mídia argentina, com destaque na home page de jornais como o Clarín. No La Nación, destaca-se "Apoiador de Bolsonaro assassina um apoiador de Lula em Foz do Iguaçu". No Página/12, "Bolsonarista matou a tiros um dirigente do partido de Lula".

Também no espanhol El País, a notícia aparece em destaque: "Assassinado a tiros um dirigente do PT, pelas mãos de um bolsonarista".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247