Cristina Ranzolin, do Jornal Nacional, é diagnosticada com câncer de mama

Apresentadora do Jornal do Almoço, do Rio Grande do Sul, e plantonista do Jornal Nacional, a jornalista fez o anúncio nesta quinta (12), ao vivo

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A jornalista Cristina Ranzolin, que apresenta o Jornal do Almoço da afiliada da Globo no Rio Grande so Sul, foi diagnosticada com câncer de mama. A profissional, que é uma das participantes do rodízio de apresentadores do Jornal Nacional, fez o anúncio ao ar nesta quinta-feira (12) na RBS TV.

“São quase 33 anos que entro diariamente na casa de vocês, pelo menos 27 desses aqui, no Jornal do Almoço. Muitos de vocês que almoçam comigo todos os dias, já me consideram da família. Sem ser a pretensão de ser notícia, minha vida se passou em frente às telas”, afirmou.

Confira:


Ver essa foto no Instagram

“A Mulher mais linda e forte do Mundo” Foi com essa legenda, numa foto linda que estamos abraçadas, que minha filha começou uma série de postagens me enchendo de carinho no dia do meu aniversário. E foi essa frase, especialmente a segunda parte dela, que me veio na cabeça quando, ainda deitada na mesa de ecografia, recebi a notícia que eu estava com um nódulo suspeito na mama. Imediatamente, passei por uma biópsia e, no dia seguinte, veio o resultado positivo. Ainda foi preciso mais uma semana para se chegar ao diagnóstico definitivo do tipo de tumor e qual o tratamento. Passei por uma série de exames. Antes de cada resultado, uma expectativa, uma ansiedade, mas a certeza de que sou forte. Minha filha me vê assim e não vou decepcioná-la. Só me desestabilizei um pouco ao contar para minha mãe. Claro, os papéis se invertem: ali virei a filha e confesso que fraquejei. Mas passou. Sim, como contei há pouco no JA, estou com câncer de mama, um nódulo pequeno, mas agressivo que precisa de um tratamento sério. Felizmente, o que melhor responde aos medicamentos, e já comecei, nesta segunda-feira, a fazer quimioterapia. Vão ser seis meses de tratamento que vou procurar fazer levando uma vida normal, já que sou saudável e os médicos acreditam que não devo ter muitos efeitos colaterais. Por enquanto, vou ficar alguns dias afastada, para me observar e digerir tudo isso. Mas quero que saibam que estou bem, fisicamente, de cabeça, com bons médicos, com o apoio da minha família, especialmente meu marido, com fé em Deus e espero contar com as boas energias de vocês também!

Uma publicação compartilhada por Cristina Ranzolin (@cristinaranzolin) em

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247