Críticas a Lula-Alckmin são um favor ao petista, diz Reinaldo Azevedo

Ao cobrarem uma radicalização de Lula, setores da esquerda dão a oportunidade do líder petista fazer uma escolha pela moderação

www.brasil247.com - Lu, Alckmin, Lula, Janja
Lu, Alckmin, Lula, Janja (Foto: Ricardo Stuckert)


247 - O jornalista Reinaldo Azevedo, em artigo publicado na Folha de S. Paulo na noite desta quinta-feira (20), afirma que setores da esquerda, e especialmente do PT, que criticam a possível chapa composta pelo ex-presidente Lula (PT) e pelo ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (sem partido) fazem um favor ao ex-chefe do governo.

Para ele, ao cobrarem de Lula uma posição mais radical, tais setores oferecem ao líder a opção da escolha pela moderação, o que agrada outros setores políticos e econômicos além da esquerda. "Alckmin será o vice de Lula? Não sei. Mas ou haverá esse sinal de que o ex-presidente pretende, se vitorioso, um governo além das fronteiras da esquerda, ou outro se fará necessário. O compromisso —que, parece-me, é público— já está anunciado. E, é evidente, pensando o que penso, avalio que um governo o mais amplo possível é uma solução, não um problema".

"Se o PT realmente levar adiante a aliança com Alckmin, o ex-governador, parece-me, representa a garantia adicional de um modo de fazer as coisas, buscando, reitere-se, o diálogo amplo. Até porque, no semipresidencialismo informal que temos, ninguém governa sem o Congresso", ressalta Azevedo, destacando a importância que Alckmin pode ter para garantir a governabilidade de uma nova gestão Lula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email