"Dallagnol deveria ser preso por atentar contra os princípios da República", diz Rodrigo Vianna

"Toda a involução econômica do Brasil nos últimos 10 anos está na conta desse rapaz aí, que além de tudo forjava delações", afirmou o jornalista na TV 247. Assista

www.brasil247.com - Deltan Dallagnol e Rodrigo Vianna
Deltan Dallagnol e Rodrigo Vianna (Foto: Divulgação | Editora 247)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Após a revelação de que o procurador Deltan Dallagnol, ex-coordenador da Lava Jato de Curitiba, forjou a delação do ex-diretor da Petrobrás Pedro Barusco para incluir o PT, o jornalista Rodrigo Vianna, na TV 247 neste domingo (17), pediu a prisão do lavajatista.

Além de tudo que já foi provado com a Vaza Jato, disse Vianna, a frase de Dallagnol sobre “derrubar a República” mostra de uma vez por todas que ele ignorava os princípios republicanos. 

"Por tudo que já se comprovou em relação ao Dallagnol, ele deveria ser preso por atentar contra as regras da República. Ele coordenou um sistema ilegal de perseguição a cidadãos no Brasil. Ele é um reacionário. Quando ele fala 'que caia a República', ele quer o quê? A monarquia? Ou ele quer que o Brasil se transforme em uma colônia? Esse Dallagnol, está na conta dele a perda de milhares de empregos no Brasil, a perda de todo o processo que a gente vinha avançando no pré-sal, da construção pesada. Enfim, toda a involução econômica do Brasil nos últimos 10 anos está na conta desse rapaz aí, que além de tudo forjava delações, segundo os diálogos que vieram à tona agora", afirmou.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email