DCM: antes de reclamar de Trump, lembre-se que seu presidente é Temer

"O que muda para o Brasil, ao fim e ao cabo, com a vitória de Donald Trump nas eleições americanas? Nada"; a afirmação é do jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo; ele pondera "antes de lamentar o destino dos americanos, agora comandados por um sujeito de cabelo cor de laranja caindo para o lusco fusco jacarandá, francamente picareta, pense em Michel Temer e lembre-se de que o Haiti é aqui"

Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, durante discurso em Manhattan. 09/11/2016 REUTERS/Mike Segar
Presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, durante discurso em Manhattan. 09/11/2016 REUTERS/Mike Segar (Foto: Valter Lima)

247 - "O que muda para o Brasil, ao fim e ao cabo, com a vitória de Donald Trump nas eleições americanas? Nada". A afirmação é do jornalista Kiko Nogueira, do Diário do Centro do Mundo.

Ele pondera que achar que Hillary seria melhor para o Brasil "não encontra respaldo na realidade". "Obama, por exemplo, referendou o golpe de Temer e companhia. É absoluta ingenuidade pensar que com Hillary ou Trump dar-se-ia algo diverso. Não é assim que funciona", diz.

Kiko Nogueira diz que "antes de lamentar o destino dos americanos, agora comandados por um sujeito de cabelo cor de laranja caindo para o lusco fusco jacarandá, francamente picareta, pense em Michel Temer e lembre-se de que o Haiti é aqui".

Leia o texto na íntegra aqui.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247