DCM: Barbosa é também analfabeto em história

"No Twitter, ele conseguiu comparar o atual momento brasileiro às vésperas de duas revoluções, a Francesa e a Russa. Nesta visão turvada e obtusa, é como se na França de 1789 a insatisfação revolucionária houvesse partido da aristocracia. E na Rússia de 1917 da corte czarista", diz o jornalista Paulo Nogueira, editor do Diário do Centro do Mundo; "Que JB era insuficiente em direito já sabíamos. Que era incapaz de articular frases que fizessem sentido, também. Mas que era analfabeto em história é uma novidade"

DCM: Barbosa é também analfabeto em história
DCM: Barbosa é também analfabeto em história (Foto: Sérgio Lima)

A ignorância  do lula

Por Paulo Nogueira

Ou, pelo menos, deu a louca em Joaquim Barbosa.

No Twitter, ele conseguiu comparar o atual momento brasileiro às vésperas de duas revoluções, a Francesa e a Russa.

Nesta visão turvada e obtusa, é como se na França de 1789 a insatisfação revolucionária houvesse partido da aristocracia. E na Rússia de 1917 da corte czarista.

Que JB era insuficiente em direito já sabíamos. Que era incapaz de articular frases que fizessem sentido, também.

Mas que era analfabeto em história é uma novidade.

O Brasil de 2015 se aproximaria da França de 1789 e da Rússia de 1917 se os privilegiados estivessem na iminência de ser varridos.

Mas não.

Os privilegiados brasileiros – cujo porta-voz é a mídia – se batem ferozmente para derrubar um governo popular.

Na verdade, o Brasil de 2015 lembra, sinistramente, o Brasil de 1954 e o Brasil de 1964. A plutocracia, mais uma vez, se insurge contra a democracia.

Leia a íntegra no DCM.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247