Demori, do Intercept, convoca pressão nacional sobre Rodrigo Maia para CPI da Vaza Jato

Em newsletter enviada aos leitores, o editor-executivo do The Intercept, responsável pelos vazamentos da Lava Jato, lembra que, para ser instalada, a CPI sobre o tema "só depende de uma canetada do presidente da Câmara, Rodrigo Maia". Para Demori, a CPI "é uma oportunidade para que finalmente" Moro e Dallagnol "prestem os esclarecimento devidos à população"

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por Leandro Demori, editor-executivo do The Intercept - Na tarde de hoje falei com a deputada federal Jandira Feghali e ela me confirmou que a CPI da Vaza Jato já tem assinaturas suficientes para acontecer. As assinaturas já foram conferidas e a CPI publicada. Agora, para começar, ela só depende de uma canetada do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia.

Escrevo para te contar porque sei que, assim como eu e todos na nossa redação, você se pergunta diariamente qual será o resultado prático disso tudo. Estamos trabalhando muito, sob muita pressão e enorme risco, a população está pressionando e apoiando a #VazaJato, mas o que vai acontecer a partir disso?

Agora sabemos que há a possibilidade real do ex-juiz Sergio Moro, do procurador Deltan Dallagnol e demais procuradores serem investigados pelas ilegalidades que cometeram. É uma oportunidade para que eles finalmente prestem os esclarecimento devidos à população. 

Por isso, é hora de pressionar Rodrigo Maia. Ele precisa encaminhar a CPI para que os trabalhos comecem o quanto antes. Escreva para o presidente da Câmara, tuíte, ligue. É hora de nos mobilizarmos contra a corrupção no judiciário. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email