Depois de ser um dos pilares da Lava Jato, Veja agora ataca o ex-juiz suspeito Sergio Moro

Revista passou anos incensando e promovendo Moro, em sua cruzada contra o PT e Lula; agora resolveu atacar o ex-aliado

www.brasil247.com - Sergio Moro
Sergio Moro (Foto: Reprodução/Facebook)


247 - Com uma manchete surpreendente para o histórico da revista, Veja partiu para o ataque contra o ex-aliado, o juiz suspeito Sérgio Moro. “Aqui se faz, aqui se paga” é o título de uma extensa reportagem de Veja, de nove páginas, publicada nesta sexta-feira. Na edição digital da revista, o título é mais frio: “Em discussão no TCU, ganhos de Moro em consultoria viram munição política”. Mas o resumo da matéria, no destaque, é igualmente agressivo: “Investigação do órgão mostra que 75% do que a Alvarez & Marsal informou receber de honorários no Brasil vem de companhias enroladas na Lava-Jato”.

O assunto não é novidade para os leitores do Brasil 247, que leram reportagem nesta quinta-feira (20) sob o título “Esquema Lava Jato: 75% do que fatura a Alvarez & Marsal vem de empresas quebradas pela operação”.A reportagem, assinada pela jornalista Laryssa Borges, publicou trecho da nota do Grupo Prerrogativas em apoio à investigação do TCU e ouviu o coordenador da entidade, o advogado Marco Aurélio Carvalho: “Moro deve satisfações à opinião pública”. Veja passou anos promovendo e alisado Moro, em sua cruzada contra Lula e o PT; agora resolveu bater.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email