Diretor de escândalos de Época faz mimimi no Twitter

Tal qual um bebê chorão, o jornalista Diego Escosteguy, que lidera a divisão de escândalos de Época, responsável pelo fiasco da semana (a capa em que a revista faz lobby por um grupo chinês e acusa Lula de ser "operador" de vantagens para empresas brasileiras no BNDES), foi ao Twitter para protestar; está triste porque não recebeu solidariedade nem da Federação Nacional dos Jornalistas, nem da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, depois que o ex-presidente Lula, no Primeiro de Maio, classificou Época e Veja como um "lixo"; mas por que as entidades deveriam se solidarizar a uma reportagem que é de fato um lixo e não conseguiu repercussão nem no Jornal Nacional?

Tal qual um bebê chorão, o jornalista Diego Escosteguy, que lidera a divisão de escândalos de Época, responsável pelo fiasco da semana (a capa em que a revista faz lobby por um grupo chinês e acusa Lula de ser "operador" de vantagens para empresas brasileiras no BNDES), foi ao Twitter para protestar; está triste porque não recebeu solidariedade nem da Federação Nacional dos Jornalistas, nem da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, depois que o ex-presidente Lula, no Primeiro de Maio, classificou Época e Veja como um "lixo"; mas por que as entidades deveriam se solidarizar a uma reportagem que é de fato um lixo e não conseguiu repercussão nem no Jornal Nacional?
Tal qual um bebê chorão, o jornalista Diego Escosteguy, que lidera a divisão de escândalos de Época, responsável pelo fiasco da semana (a capa em que a revista faz lobby por um grupo chinês e acusa Lula de ser "operador" de vantagens para empresas brasileiras no BNDES), foi ao Twitter para protestar; está triste porque não recebeu solidariedade nem da Federação Nacional dos Jornalistas, nem da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, depois que o ex-presidente Lula, no Primeiro de Maio, classificou Época e Veja como um "lixo"; mas por que as entidades deveriam se solidarizar a uma reportagem que é de fato um lixo e não conseguiu repercussão nem no Jornal Nacional? (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Diego Escosteguy, que lidera a divisão de escândalos da revista Época, está dodói. Ficou triste porque não recebeu solidariedade nem da Federação Nacional dos Jornalistas nem da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, depois que o ex-presidente Lula, no Primeiro de Maio, classificou Época e Veja como um "lixo".

Lula reagiu à reportagem em que Época faz lobby escancarado por um grupo chinês, o Ghezouba, e o acusa de ser "operador" de vantagens para empresas brasileiras, como a Odebrecht, no BNDES (leia mais a respeito na reportagem Por que 'Lula de novo' assusta tanto a Globo?).

Tal qual um bebê chorão, Escosteguy foi ao Twitter e descarregou suas mágoas com a Fenaj e com a Abraji, que não se solidarizaram a uma reportagem tão ruim, mas tão ruim, que não conseguiu ser repercutida nem no Jornal Nacional, que, assim como Época, pertence à Globo.

Leia, abaixo, alguns de seus tweets:


O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email