Duvivier: corruptos sequestraram a palavra 'ética'

Colunista Gregorio Duvivier lembra da pauta das manifestações de junho de 2013 e sugere que atos de rua recentes estão sendo manipulados: ‘a população vai às ruas, abraçada aos piores inimigos, e ninguém mais fala naquilo que foi a razão de tudo: a necessidade de leis progressistas, da gratuidade do transporte público, da democratização da mídia, de uma reforma política. Um protesto com a bênção de Alckmin, da PM e da Globo é como um carro chamado EcoSport. Desconfiem. Houve um sequestro’, diz

Colunista Gregorio Duvivier lembra da pauta das manifestações de junho de 2013 e sugere que atos de rua recentes estão sendo manipulados: ‘a população vai às ruas, abraçada aos piores inimigos, e ninguém mais fala naquilo que foi a razão de tudo: a necessidade de leis progressistas, da gratuidade do transporte público, da democratização da mídia, de uma reforma política. Um protesto com a bênção de Alckmin, da PM e da Globo é como um carro chamado EcoSport. Desconfiem. Houve um sequestro’, diz
Colunista Gregorio Duvivier lembra da pauta das manifestações de junho de 2013 e sugere que atos de rua recentes estão sendo manipulados: ‘a população vai às ruas, abraçada aos piores inimigos, e ninguém mais fala naquilo que foi a razão de tudo: a necessidade de leis progressistas, da gratuidade do transporte público, da democratização da mídia, de uma reforma política. Um protesto com a bênção de Alckmin, da PM e da Globo é como um carro chamado EcoSport. Desconfiem. Houve um sequestro’, diz (Foto: Roberta Namour)

247 – O Colunista Gregorio Duvivier lembra da pauta das manifestações de junho de 2013 e sugere que atos recentes estão sendo manipulados:

‘E eis que, do dia pra noite, os setores mais reacionários sequestraram a palavra "revolta". E os setores mais corruptos sequestraram a palavra "ética". E o governador tradicionalmente mais anti-manifestação libera o metrô de graça no dia do protesto. E a polícia mais violenta abraça os manifestantes. E a emissora mais odiada pelos jovens veste a camisa verde e amarela e convoca por mudança’, diz.

“E a população vai às ruas, abraçada aos piores inimigos, e ninguém mais fala naquilo que foi a razão de tudo: a necessidade de leis progressistas, da gratuidade do transporte público, da democratização da mídia, de uma reforma política”, ressalta. “Um protesto com a bênção de Alckmin, da PM e da Globo é como um carro chamado EcoSport. Desconfiem. Houve um sequestro” (leia aqui).

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247