Duvivier se solidariza com Fernanda Montenegro e critica governo Bolsonaro

O humorista Gregorio Duvivier se solidarizou com a atriz Fernanda Montenegro, atacada pelo diretor da Funarte, Roberto Alvim, porque, na Revista 'Quatro Cinco Um', a artista aparecerá amarrada como se fosse condenada pela Inquisição. "A agressão desse governo a Fernanda faz todo sentido: ela está no diâmetro oposto do que o país está se tornando"

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O escritor e humorista Gregorio Duvivier manifestou solidariedade à atriz Fernanda Montenegro, atacada pelo diretor da Fundação Nacional de Artes (Funarte), o dramaturgo Roberto Alvim, por causa da revista literária Quatro Cinco Um. A edição de outubro trará uma fotografia em que a artista aparece amarrada como se fosse uma condenada pela Inquisição (século 12 d.C.), com livros jogados aos seus pés, alegoria de tempos de censura.

"Fernanda tornou adoráveis todos os personagens que viveu —e, humanizando os personagens, humanizou um país.", diz o humorista em coluna no jornal Folha de S.Paulo.   

De acordo com o humorista, o governo Jair Bolsonaro "garante um protagonismo a todos os Cigano Igor de suas profissões —todos aqueles que, por falta de esforço ou talento, caíram no esquecimento, na chacota ou nas tardes do SBT". 

"A agressão desse governo a Fernanda faz todo sentido: ela está no diâmetro oposto do que o país está se tornando". 

Segundo o escritor, "pra assumir um cargo no governo atual, você precisa provar que nunca, em toda a sua vida, você conseguiu concluir nada que preste". "No comando, um capitão reformado —subalterno até do seu vice. Quem cuida da educação se comporta como um moleque, quem cuida da política externa não acredita no globalismo, quem cuida da justiça é um juiz de primeira instância".




O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email