Economist usa grampo ilegal, que ela própria interpreta, para pedir renúncia de Dilma

Com um título na capa dizendo que é hora de a presidente do Brasil ir embora, revista britânica acusa Dilma Rousseff de cometer uma "tentativa grosseira de impedir a Justiça" ao nomear o ex-presidente Lula como ministro; publicação ignora o resultado das eleições e avalia que a troca na presidência da República abriria caminho para um "novo começo" no País

Com um título na capa dizendo que é hora de a presidente do Brasil ir embora, revista britânica acusa Dilma Rousseff de cometer uma "tentativa grosseira de impedir a Justiça" ao nomear o ex-presidente Lula como ministro; publicação ignora o resultado das eleições e avalia que a troca na presidência da República abriria caminho para um "novo começo" no País
Com um título na capa dizendo que é hora de a presidente do Brasil ir embora, revista britânica acusa Dilma Rousseff de cometer uma "tentativa grosseira de impedir a Justiça" ao nomear o ex-presidente Lula como ministro; publicação ignora o resultado das eleições e avalia que a troca na presidência da República abriria caminho para um "novo começo" no País (Foto: Gisele Federicce)

247 – A revista britânica The Economist se utiliza de um grampo ilegal, que ela própria interpreta, para pedir a renúncia da presidente Dilma Rousseff. Crítica ferrenha do governo petista, a publicação traz uma capa com a foto de Dilma e o título "Time to go" (Hora de ir).

"A indicação de Lula parece uma tentativa grosseira de impedir o curso da Justiça. Mesmo que isso não fosse sua intenção, esse seria o efeito. Esse foi o momento em que a presidente escolheu os limitados interesses da sua tribo política por cima do Estado de Direito", diz trecho do editorial, que acrescenta: "Assim, ela tornou-se inapta a permanecer como presidente".

Apesar do resultado das urnas, que elegeram a presidente Dilma, a revista afirma acreditar que a troca na presidência do Brasil abriria caminho para um "novo começo" no País. O texto, porém, considera injustificada a motivação das pedaladas fiscais para um pedido de impeachment. Então sugere que Dilma saia por renúncia ou pela cassação via TSE.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247