Editora recebe críticas após o lançamento de obra “O capital: para crianças”

Em celebração ao bicentenário de Karl Marx em 2018, a editora Boitempo lançou o livro “O Capital para crianças”, para apresentar algumas ideias do filósofo às crianças de forma lúdica, mas a ideia não foi bem recebida pela direita; Ivana Jinkings, editora da Boitempo, publicou uma foto divulgando a obra, e logo recebeu mensagens e ligações com ofensas, dizendo para que "ensine o comunismo para crianças na PQP" e a xingando de "nojenta"

Em celebração ao bicentenário de Karl Marx em 2018, a editora Boitempo lançou o livro “O Capital para crianças”, para apresentar algumas ideias do filósofo às crianças de forma lúdica, mas a ideia não foi bem recebida pela direita; Ivana Jinkings, editora da Boitempo, publicou uma foto divulgando a obra, e logo recebeu mensagens e ligações com ofensas, dizendo para que "ensine o comunismo para crianças na PQP" e a xingando de "nojenta"
Em celebração ao bicentenário de Karl Marx em 2018, a editora Boitempo lançou o livro “O Capital para crianças”, para apresentar algumas ideias do filósofo às crianças de forma lúdica, mas a ideia não foi bem recebida pela direita; Ivana Jinkings, editora da Boitempo, publicou uma foto divulgando a obra, e logo recebeu mensagens e ligações com ofensas, dizendo para que "ensine o comunismo para crianças na PQP" e a xingando de "nojenta" (Foto: Leonardo Lucena)

247 - Em celebração ao bicentenário de Karl Marx em 2018, a editora Boitempo lançou o livro “O Capital para crianças”, para apresentar algumas ideias do filósofo às crianças de forma lúdica, mas a ideia não foi bem recebida pela direita.

Ivana Jinkings, editora da Boitempo, publicou uma foto divulgando a obra, e logo recebeu mensagens e ligações com ofensas, dizendo para que "ensine o comunismo para crianças na PQP" e a xingando de "nojenta". O relato é do site Esquerda e Diário.

Ela registrou um boletim de ocorrência contra as ofensas e disse que existe um momento “regressivo no país”, com “perdas de direito”, mas que “não vamos recuar, que ameaças como essas não nos intimidam e serão respondidas com firmeza”.

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247