Eliane Brum: perseguição de Moro a Glenn é "um dos maiores ataques à liberdade de imprensa já feitos"

Segundo a jornalista Eliane Brum, "se for confirmado que a PF, subordinada a Sergio Moro, pediu ao Coaf um relatório das atividades financeiras de Glenn Greenwald, jornalista que denunciou a parcialidade de Moro na Vaza Jato, é um dos maiores ataques à liberdade de imprensa já feitos. E um total, inacreditável abuso de poder"; "Moro é o maior inimigo da Lava Jato", afirma

(Foto: Reprodução | Lula Marques | Câmara)

Por Eliane Brum, em seu Facebook

Se for confirmado que a Polícia Federal, subordinada a Sergio Moro, pediu ao Coaf um relatório das atividades financeiras de Glenn Greenwald, jornalista que denunciou a parcialidade de Moro na #VazaJato, é um dos maiores ataques à liberdade de imprensa já feitos. E um total, inacreditável abuso de poder. 

Se for confirmado que Sergio Moro está tentando intimidar um jornalista que investiga sua atuação como juiz, que é exatamente o que um jornalista deve fazer a serviço do público, e que para isso Moro está usando a máquina do Estado, é um escândalo só visto nos governos mais autoritários do mundo.
Se for confirmado, Sergio Moro, aquele que se comporta como um deus - "eu ouço, eu vejo"- desgarrou-se dos últimos resquícios de dignidade, intoxicou-se pelo poder e perdeu a si mesmo. 

Infelizmente, pode arrastar com ele a parte séria - e necessária - do trabalho da Operação Lava Jato. 

Moro é o maior inimigo da Lava Jato. Seguido pela cumplicidade de uma parcela dos procuradores, assim como pela omissão de outra parcela dos procuradores. Pena que um pedaço do Brasil é cego demais para enxergar que só pode fazer cumprir a lei quem age dentro da lei.

Conheça a TV 247

Mais de Mídia

Ao vivo na TV 247 Youtube 247