Eliane pede desculpas a Bolsonaro por ter falado em quimioterapia

"Presidente, me confundi e falei na Rádio Eldorado em última dose de quimioterapia em vez de última dose de antibióticos. Já corrigi nas redes e na própria rádio. Foi um erro totalmente sem má-fé, pelo qual peço desculpas", publicou a jornalista nas redes sociais, um dia depois da declaração na rádio

Eliane pede desculpas a Bolsonaro por ter falado em quimioterapia
Eliane pede desculpas a Bolsonaro por ter falado em quimioterapia

247 - A jornalista Eliane Cantanhêde pediu desculpas ao presidente Jair Bolsonaro por ter dito nesta quarta-feira 13, em um comentário na Rádio Eldorado, que ele teria tomado a "última dose de quimioterapia" antes de ter alta no Hospital Albert Einstein nesta semana. No áudio, divulgado pelo DCM, ela não se retrata nem é corrigida por algum colega.

Na noite desta quarta, Eliane já havia se retratado no Twitter: "IMPORTANTE! O presidente Jair Bolsonaro tomou hoje a última dose de Antibióticos!!!! Nunca, em nenhum minuto, soube ou ouvi que ele fazia quimioterapia. Ele não faz. Aliás, sua recuperação está indo muito bem agora, depois de debelado o início de pneumonia".

Nesta quinta, ela postou o pedido de desculpas: "Presidente, me confundi e falei na Rádio Eldorado em última dose de quimioterapia em vez de última dose de antibióticos. Já corrigi nas redes e na própria rádio. Foi um erro totalmente sem má-fé, pelo qual peço desculpas". Bolsonaro respondeu com um sinal de joia.

Em resposta ao tuíte de Eliane, a também jornalista Mônica Waldvogel, da Globonews, sugeriu: "Acho que sei por que você trocou o nome dos tratamentos. Na noite anterior comentávamos sobre a última sessão de quimioterapia da nossa amiga em comum. A preocupação com ela deve ter ficado na sua cabeça, não?". Eliane concordou. "Mitou (sic) a charada. Obrigada, Monica", postou.

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247