Entidades pedem indenização de R$ 300 mil de Bolsonaro por violências sofridas por jornalistas no Palácio da Alvorada

Seis entidades de jornalismo e direitos humanos apresentaram uma ação civil pública na Justiça contra Jair Bolsonaro, devido às agressões sofridas por profissionais da imprensa na porta do Palácio da Alvorada

Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro (Foto: REUTERS/Adriano Machado)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Seis entidades de jornalismo e direitos humanos apresentaram uma ação civil pública na Justiça contra Jair Bolsonaro, devido às agressões sofridas por profissionais da imprensa na porta do Palácio da Alvorada. A informação é do jornalista Guilherme Amado, em sua coluna no portal Época. 

Instituto Vladimir Herzog, Artigo 19, Repórteres Sem Fronteiras, Intervozes, Sindicato dos Jornalistas no DF e a Federação Nacional dos Jornalistas ajuizaram nesta segunda-feira a ação, em que narram agressões cometidas pelo próprio Bolsonaro e por seus apoiadores, indicando que isso seria uma forma de impedir o trabalho livre da imprensa, numa ação antidemocrática do presidente.

Na ação, as entidades afirmam que os dois, apesar de cientes da situação que os jornalistas passam diariamente durantes as entrevistas, não adotaram nenhuma postura para proteger a imprensa.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247