Entidades recriminam participante do BBB que atrelou movimentos estudantis a ‘vagabundos’

Entidades do movimento estudantil recriminaram a declaração do participante do Big Brother Brasil, Nego Di, que em discussão com o colega de reality Lucas Penteado afirmou que “não se faz revolução defendendo vagabundo”.

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Carta Capital - As entidades estudantis União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) e União Nacional dos Estudantes (UNE) recriminaram a declaração do participante do Big Brother Brasil, Nego Di, que em discussão com o colega de reality Lucas Penteado afirmou que “não se faz revolução defendendo vagabundo”.

Lucas Penteado Koka foi presidente do grêmio do Colégio Caetano de Campos, em São Paulo, e participou da ocupação das escolas que se iniciou em 2015 e se estendeu para 2016 como protesto a reorganização escolar anunciada pelo governador Geraldo Alckmin. O colégio ficou ocupado por dois meses.

Em suas redes sociais, a presidente da UBES, Rozana Barroso, pediu respeito aos estudantes. “Nossa vagabundagem é assim ó. Distribuição de marmita e apostilas de estudo. ENEM, FUNDEB e chips com internet também foram frutos da nossa batalha”, escreveu.

Nossa vagabundagem é assim ó. Distribuição de marmita e apostilas de estudo. ENEM, FUNDEB e chips com internet também foram frutos da nossa batalha. Enquanto isso Nego Di tenta humilhar o Lucas falando de nós. Respeita o presente e o futuro desse país. Respeita os estudantes! pic.twitter.com/uAQ8EeLkCx

A reação também foi compartilhada pelo presidente da UNE, Iago Montalvão. “Quem fala esses absurdos está muito errado”, escreveu sugerindo que o participante seja rejeitado por quem assiste ao programa.

Um maluco como Nego Di que fala em rede nacional pro Lucas, que foi um militante secundarista, da @ubesoficial inclusive, que a revolução dele é defender vagabundo vagabundo, tem que ser rejeitado por MUITO, pro Brasil ver que quem fala esses absurdos tá muito errado!— Iago Montalvão 🇧🇷 (@iago_montalvao) February 3, 2021

A deputada estadual Leci Brandão também marcou sua defesa aos estudantes secundaristas nas redes sociais. “Quem está na luta por uma educação emancipadora tem alma revolucionária”, escreveu.

Eu quero dizer aqui que:●EU TAMBÉM DEFENDO OS ESTUDANTES
●ESTUDANTES NÃO SÃO VAGABUNDOS
●QUEM ESTÁ NA LUTA POR UMA EDUCAÇÃO EMANCIPADORA TEM ALMA REVOLUCIONÁRIA+— Leci Brandão (@lecibrandao) February 3, 2021

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email