Fabio Pannunzio sai da Band depois de acusar secretário de Bolsonaro de “pedir cabeça de jornalistas”

O jornalista Fabio Pannunzio, que se tornou nos últimos meses um dos mais vigorosos críticos do governo Bolsonaro, anunciou na noite desta quarta-feira que sairá da Band, onde trabalha há mais de 20 anos. Ele é âncora do Jornal da Noite. Ele deixa a emissora dois dias depois de acusar o secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, de ser um “dedo-duro intrigante que só sabe pedir cabeças de jornalistas” . Mas negou que a demissão tenha relação com o caso

(Foto: Reprodução | PR)

247 - O jornalista Fabio Pannunzio, que se tornou nos últimos meses um dos mais vigorosos críticos do governo Bolsonaro, anunciou na noite desta quarta-feira que sairá da Band, onde trabalha há mais de 20 anos. Ele é âncora do Jornal da Noite. Ele deixa a emissora dois dias depois de acusar o secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, de ser um “dedo-duro intrigante que só sabe pedir cabeças de jornalistas” . Mas negou que a demissão tenha relação com o caso.

Pannunzio anunciou a decisão com um tweet:

A confrontação com o secretário de Bolsonaro aconteceu na última segunda-feira (2)

O jornalistas anunciou que irá participar de um projeto na Internet com o nome priovisório de  PRK30 - este era o nome de um dos mais famosos maior programa de rádio de todos os tempos no Brasil. Dois dos maiores humoristas brasileiros, Lauro Borges e Castro Barbosa estavam à frente desse programa de humor, que estreou na rádio Mayrink Veiga, no Rio de Janeiro, em 19 de outubro de 1944.

Eis uma sequência de tweets que marcaram a confrontação de Pannunzio com Bolsonaro e o bolsonarismo:




Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247