Facebook anuncia que vai continuar permitindo divulgação de fake news em anúncios políticos

A rede social também anunciou que não colocará restrição ao sistema de “microtarget” para os anúncios políticos. Por consequência, as campanhas recebam informação de usuários do Facebook, algo que, segundo os críticos, facilita o trabalho dos que pretender espalhar informações falsas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Facebook anunciou nesta quinta-feira (9) que não fará mudanças significativas em suas políticas de publicidade política. Com a postura da empresa aumenta a possibilidade do uso das chamadas “fake news” em anúncios desse tipo. 

“Nossa posição está baseada na crença fundamental do Facebook na liberdade de expressão, no respeito ao processo democrático e na crença de que, nas democracias maduras e com uma imprensa livre, o discurso político já é sem dúvida o discurso mais minucioso que existe”, justificou a chefe de política global de eleições do Facebook, Katie Harbath.

A rede social também anunciou que não colocará restrição ao sistema de “microtarget” para os anúncios políticos. Por consequência, as campanhas recebam informação de usuários do Facebook, algo que, segundo os críticos, facilita o trabalho dos que pretender espalhar informações falsas.


A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247