HOME > Mídia

Fernando Morais sobre acervo: “o que diabos tem com a Lava Jato?”

Ao criticar ações recentes da Polícia Federal, jornalista e escritor Fernando Morais diz que policiais estão com "a corda solta"; e questiona, a respeito do cofre do ex-presidente Lula, onde está o acervo presidencial, encontrado pela PF, que deu as fotos à imprensa: "o que, diabos, têm a ver com a operação lava jato os presentes que lula ganhou quando era presidente?"

Ao criticar ações recentes da Polícia Federal, jornalista e escritor Fernando Morais diz que policiais estão com "a corda solta"; e questiona, a respeito do cofre do ex-presidente Lula, onde está o acervo presidencial, encontrado pela PF, que deu as fotos à imprensa: "o que, diabos, têm a ver com a operação lava jato os presentes que lula ganhou quando era presidente?" (Foto: Aline Lima)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O jornalista e escritor Fernando Morais criticou em sua página no Facebook as ações recentes da Polícia Federal e especialmente a abertura de um cofre no Banco do Brasil onde está guardado o acervo presidencial de Lula. As fotos foram divulgadas pela PF à imprensa.

"O que eu me pergunto é o seguinte: o que, diabos, têm a ver com a operação lava jato os presentes que lula ganhou quando era presidente? é como disse o ministro marco aurélio de mello, do stf: se um ex-presidente da república é tratado assim, o que esses caras não serão capazes de fazer com um cidadão comum, anônimo, que não tem a quem se queixar?", pergunta o escritor.

Ele acrescenta ainda que se "antes, 'com' ministro da justiça, os federais já faziam o que lhes dava na telha. agora, com um ministro que não se sabe se é ou será ministro, a tigrada está com a corda solta". Leia abaixo a íntegra de seu texto:

o vácuo de autoridade do governo sobre a polícia federal vem produzindo uma sucessão de acontecimentos inacreditáveis. a "condução coercitiva" do ex-presidente lula foi apenas o mais visível e abusado deles. o senador fernando collor teve sua casa varejada por um mandado de busca e apreensão, ao final do qual o delegado responsável revelou à imprensa ter encontrado... uma mala de brinquedos eróticos.

antes, "com" ministro da justiça, os federais já faziam o que lhes dava na telha. agora, com um ministro que não se sabe se é ou será ministro, a tigrada está com a corda solta.

hoje um comando da pf abriu um cofre no banco do brasil onde estavam depositados presentes pessoais recebidos por lula enquanto era presidente. segundo o delegado da pf ivan ziolkowski, responsável pelo auto, "foram encontradas nas caixas de papelão, de modo geral, peças decorativas, espadas, adagas, moedas, canetas e condecorações". foi tudo fotografado... e as imagens entregues à imprensa (na foto uma cimitarra árabe recolhida entre o material que estava depositado no banco do brasil).

o que eu me pergunto é o seguinte: o que, diabos, têm a ver com a operação lava jato os presentes que lula ganhou quando era presidente? é como disse o ministro marco aurélio de mello, do stf: se um ex-presidente da república é tratado assim, o que esses caras não serão capazes de fazer com um cidadão comum, anônimo, que não tem a quem se queixar?

vocês sabem que, podendo, evito o calão. mas acho que estamos fodidos.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: