Filha de Edir Macedo dá prejuízo e provoca fúria nos bastidores da Record

A atuação de Cristiane Cardoso como diretora de Dramaturgia não tem agradado à alta cúpula da Record

www.brasil247.com - Cristiane Cardoso
Cristiane Cardoso (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A atuação de Cristiane Cardoso como diretora de Dramaturgia não tem agradado à alta cúpula da Record. A filha de Edir Macedo foi posta em xeque nos bastidores por conta dos atrasos na produção da inédita Reis, que não ficará pronta a tempo de substituir Gênesis. Ela, porém, não deve pagar a conta pelas reprises que vão tapar buraco no horário nobre a partir de novembro. A informação é do portal Notícias da TV

As interferências da escritora já eram malvistas pelo chamado baixo clero, mas agora também são questionadas pelos principais executivos. A falta de um planejamento claro e objetivo para definir os próximos folhetins foi o principal fiel da balança.

Segundo fontes do Notícias da TV, um dos críticos é Walter Zagari. O vice-presidente comercial da Record sempre quis um profissional especializado à frente do núcleo, a exemplo de Hiran Silveira, responsável pelo renascimento da dramaturgia do canal nos anos 2000.

PUBLICIDADE

O executivo não esconde a insatisfação com os rumos da rede, mas mantém uma relação cordial com Cristiane, principalmente por respeito a Macedo. Ele tem sido o principal responsável por cobrar uma reação e evitar que o público migre em massa para a Globo com a estreia de Um Lugar ao Sol no próximo dia 8.

A dor de cabeça é que as reprises de Os Dez Mandamentos (2015) e A Terra Prometida (2016) vão derrubar a audiência no horário de maior faturamento da casa. Os números não devem se recuperar tão rápido, e a Record vai ter dificuldade para vender espaços publicitários. Ou seja, os descontos serão maiores; e a margem de lucro, menor.

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email