Folha diz em editorial que Bolsonaro é chefe de bando e terá curto prazo

O jornal Folha de S. Paulo publicou um editorial sem meias palavras dirigido à truculência de Jair Bolsonaro. Nele, se lê: "Ao entrar no seu centésimo ano, a Folha está convicta de que o jogo sujo encontrará a resposta das instituições democráticas. Elas, como o jornalismo, têm vocação de longo prazo. Jair Bolsonaro, não"

(Foto: Marcos Corrêa/PR | Webysther Nunes)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornal Folha de S. Paulo publicou um editorial sem meias palavras dirigido à truculência de Jair Bolsonaro. Nele, se lê: "Ao entrar no seu centésimo ano, a Folha está convicta de que o jogo sujo encontrará a resposta das instituições democráticas. Elas, como o jornalismo, têm vocação de longo prazo. Jair Bolsonaro, não."

O jornal diz ainda que "Jair Bolsonaro atiça as falanges governistas contra o jornal e seus profissionais, mas seu alvo final não é um veículo nem tampouco a imprensa profissional. Ele faz carga contra o edifício constitucional da democracia brasileira."

E acrescenta: "frustraram-se, faz tempo, as expectativas de que a elevação do deputado à suprema magistratura pudesse emprestar-lhe os hábitos para o bom exercício do cargo. É a Presidência que vai se contaminando dos modos incivis, da ignorância entranhada, do machismo abjeto e do espírito de facção trazidos pelo seu ocupante temporário."

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247