Folha, em editorial: decisão de Fux causa perplexidade

"Para um governo que chegou ao poder acenando com vigoroso repúdio à corrupção, as circunstâncias vão se tornando constrangedoras. Será uma lástima —e acarretará inevitável efeito desmoralizador— se as instituições da República se curvarem a interesses de ocasião para tomar decisões casuísticas em prejuízo da transparência e do império da lei", diz ainda o texto

Folha, em editorial: decisão de Fux causa perplexidade
Folha, em editorial: decisão de Fux causa perplexidade (Foto: Nelson Jr./SCO/STF )

247 – "Causou enorme perplexidade a decisão tomada pelo ministro Luiz Fux, do Supremo Tribunal Federal, de suspender a investigação sobre as atividades de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro (PSL-RJ)", diz editorial da Folha de S. Paulo, publicado nesta sexta-feira. "As evidências de irregularidades são enfáticas e documentadas. Demandam apuração por parte das instâncias competentes. A decisão de Fux, contudo, mesmo que transitória, foi em sentido contrário."

O texto aponta ainda a desmoralização da família Bolsonaro. "Para um governo que chegou ao poder acenando com vigoroso repúdio à corrupção, as circunstâncias vão se tornando constrangedoras. Será uma lástima —e acarretará inevitável efeito desmoralizador— se as instituições da República se curvarem a interesses de ocasião para tomar decisões casuísticas em prejuízo da transparência e do império da lei."

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247