France24 desmente jornal conservador inglês que publicou que russos estariam usando "crematórios móveis" para esconder baixas

A reportagem da France 24 mostra que o vídeo é de agosto de 2013, e vem de uma empresa de incineração russa. Zelenski repetiu a fake news

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


247 - A agência de notícias francesa France24 desmentiu as alegações falsas do jornal de direita inglês The Telegraph, tradicionalmente alinhado ao Partido Conservador, que disse que as forças russas na Ucrânia estariam utilizando crematórios móveis para "esconder suas perdas" na Ucrânia. A reportagem do Telegraph é de 23 de fevereiro, um dia antes do início da operação militar russa no país do Leste Europeu. 

"Russia deploys mobile crematoriums to follow its troops into battle (trad. Russia implanta crematórios móveis para seguir suas tropas na batalha", diz a manchete do The Telegraph, que não foi alterada até a tarde desta quinta-feira, 3. O texto cita declarações do Secretário de Estado pela Defesa britânico, o conservador Ben Wallace. 

O secretário expressa sua preocupação com a reutilização dos equipamentos. O Telegraph diz que as imagens foram fornecidas pelo Ministério da Defesa britânico. O jornal não especifica que as imagens são de um conflito anterior. A informação foi vista por milhões de usuários das redes sociais. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A reportagem da France 24 mostra que o vídeo é de agosto de 2013, e vem de uma empresa de incineração russa. Nenhuma reportagem independente confirmou que os crematórios móveis foram utilizados tanto anteriormente como em 2022. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenski repetiu a fake news

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

No Brasil, o UOL caiu na falácia. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email