General Heleno ataca jornalista e Noblat rebate: não creio que a farda obrigue ninguém a ser estúpido

Depois de ser divulgada a informação de que no livro Tormenta, da jornalista Thaís Oyama, há um relato de que general Heleno chamou Bolsonaro de "despreparado", o ministro atacou a autora da obra. "Uma jornalista medíocre e desapegada à verdade", escreveu

General Heleno e Ricardo Noblat
General Heleno e Ricardo Noblat (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

247 - O jornalista Ricardo Noblat respondeu às ofensas do ministro general Heleno à jornalista Thaís Oyama, autora do livro Tormenta. Nesta quinta-feira (16), circula a informação de que um trecho da obra da jornalista conta que Heleno chamou Jair Bolsonaro de "despreparado".

Após Heleno ofender Thaís Oyama a chamando de medíocre, Noblat o advertiu dizendo que sua farda de militar não lhe obriga a ser "estúpido" e que, civilizadamente, o ministro poderia ter apenas desmentido a afirmação do livro da jornalista.

"Que grosseria! Por que agredir a pessoa ao invés de apenas desmentir o que julga errado? Não creio que a farda obrigue ninguém que a usa ou usou a ser estúpido. Conheço e conheci militares educados e gentis", escreveu Ricardo Noblat.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247