Gina Carano é demitida de “Mandalorian” após comparar ser republicano hoje a ser judeu no Holocausto

Não é a primeira vez que Carano causa polêmica com publicações nas redes sociais. Em um outro post, ela ridicularizou o uso de máscaras para proteção contra Covid-19.

(Foto: REUTERS/Mario Anzuoni)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A produtora Lucasfilm anunciou que Gina Carano não faz mais parte do elenco de "Mandalorian", depois que ela compartilhou uma postagem nas redes sociais comparando a experiência de ser republicana hoje à do povo judeu durante o Holocausto. Carano, que interpretou Cara Dune no spin-off de Star Wars, recebeu fortes críticas após a publicação, excluída em seguida. A reportagem é do portal G1. 

Segundo a reportagem, uma das mais atuantes apoiadoras de Donald Trump, a atriz escreveu em sua conta do Instagram que "os judeus foram espancados nas ruas, não por soldados nazistas, mas por seus vizinhos". "Porque a história é editada, a maioria das pessoas hoje não percebe que, para chegar ao ponto em que os soldados nazistas pudessem facilmente prender milhares de judeus, o governo primeiro fez com que seus próprios vizinhos os odiassem simplesmente por serem judeus. Como isso é diferente de odiar alguém por suas opiniões políticas?", continuou.

Não é a primeira vez que Carano causa polêmica com publicações nas redes sociais. Em um outro post, ela ridicularizou o uso de máscaras para proteção contra Covid-19.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email