Globo coloca ministro da Justiça na linha de tiro

Grupo Globo, que colocou e mantém Michel Temer no poder, por meio do golpe parlamentar de 2016, agora mira seus canhões na direção do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes; reportagem deste sábado do jornal O Globo o coloca como mentiroso e o critica por ter negado o socorro pedido pelo governo de Roraima, antes do massacre de ontem, que matou 31 presidiários – muitos deles decapitados; Globo já exigiu de Temer que demitisse alguns de seus ministros, como Romero Jucá e Geddel Vieira Lima, e Moraes pode vir a ser o próximo; pressionado, ele apresentou um plano de segurança que prevê a construção de cinco novos presídios federais e outros 27 nos estados

Grupo Globo, que colocou e mantém Michel Temer no poder, por meio do golpe parlamentar de 2016, agora mira seus canhões na direção do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes; reportagem deste sábado do jornal O Globo o coloca como mentiroso e o critica por ter negado o socorro pedido pelo governo de Roraima, antes do massacre de ontem, que matou 31 presidiários – muitos deles decapitados; Globo já exigiu de Temer que demitisse alguns de seus ministros, como Romero Jucá e Geddel Vieira Lima, e Moraes pode vir a ser o próximo; pressionado, ele apresentou um plano de segurança que prevê a construção de cinco novos presídios federais e outros 27 nos estados
Grupo Globo, que colocou e mantém Michel Temer no poder, por meio do golpe parlamentar de 2016, agora mira seus canhões na direção do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes; reportagem deste sábado do jornal O Globo o coloca como mentiroso e o critica por ter negado o socorro pedido pelo governo de Roraima, antes do massacre de ontem, que matou 31 presidiários – muitos deles decapitados; Globo já exigiu de Temer que demitisse alguns de seus ministros, como Romero Jucá e Geddel Vieira Lima, e Moraes pode vir a ser o próximo; pressionado, ele apresentou um plano de segurança que prevê a construção de cinco novos presídios federais e outros 27 nos estados (Foto: Leonardo Attuch)

247 – A Globo, que é quem efetivamente governa o Brasil desde o golpe parlamentar de 2016, que derrubou a presidente eleita Dilma Rousseff e colocou Michel Temer em seu lugar, decidiu apontar seus canhões contra o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

Em reportagem deste sábado do jornal O Globo, Moraes passa por mentiroso e é também criticado por ter negado a ajuda pedida pelo governo de Roraima, antes do massacre que matou 31 presos nesta sexta-feira – muitos deles decapitados.

"O ministro da Justiça tentou negar, mas documentos mostraram que o governo federal negou ajuda solicitada pelo governo de Roraima para tentar conter a grave crise do sistema carcerário no estado", diz a reportagem de Eduardo Barreto e Catarina Alencastro.

Desde que derrubou Dilma, a Globo já exigiu de Temer que demitisse alguns de seus ministros, como Romero Jucá e Geddel Vieira Lima, e Moraes pode vir a ser o próximo.

Pressionado, ele apresentou um plano de segurança que prevê a construção de cinco novos presídios federais e outros 27 nos estados.



Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247