Globo condena despreparo de Eduardo Bolsonaro e diz que a China já pode ser considerada a maior economia global

O jornal também publicou editorial contra as agressões feitas pelo filho 03 ao maior parceiro comercial do Brasil

Eduardo Bolsonaro e bandeiras do Brasil e China
Eduardo Bolsonaro e bandeiras do Brasil e China (Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados | Alan Santos/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O jornal O Globo também se posicionou, em editorial, contra as agressões do clã Bolsonaro ao maior parceiro econômico do Brasil. "Não é novidade que o deputado federal Eduardo Bolsonaro não tem estatura nem preparo para comandar a Comissão de Relações Exteriores da Câmara. Já havia ficado claríssimo na tentativa frustrada de comandar a embaixada brasileira em Washington. Também não há nenhuma surpresa no tuíte em que ele acusou a China de usar a quinta geração da telefonia celular (5G) para espionagem, fazendo eco literal à campanha do governo americano para desacreditar a tecnologia chinesa", aponta o texto.

"O entrevero, que ensejou uma resposta dura da embaixada chinesa, chama a atenção por outro aspecto: o despreparo para lidar com a China não se restringe ao Zero Três ou às falanges bolsonaristas. Se diatribes e teorias da conspiração encontram eco, é em parte porque o Brasil ainda carece de uma estratégia consistente para lidar com seu maior parceiro comercial, maior potência emergente no planeta e, em questão de anos, a maior economia global (por alguns critérios, já é)", prossegue o editorialista.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247