Globo não transmitirá jogo Peru x Brasil nesta terça pelas eliminatórias

A Globo disse não ter fechado os direitos de transmissão do jogo entre Peru e Brasil, nesta terça-feira (13), válido pelas eliminatórias da Copa de 2022. A partida ficará restrita no País ao serviço de streaming EI Plus, da Turner, e para a página do YouTube "El Canal Del Futbol", produzida no Equador

Brasil x Bolívia pela primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2020.
Brasil x Bolívia pela primeira rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2020. (Foto: Miguel Schincariol/CBF)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Globo comunicou internamente nessa segunda-feira (12) para editores e repórteres que não transmitirá nesta terça-feira (13) o jogo entre Peru e Brasil, válido pela 2ª rodada das eliminatórias da Copa de 2022, às 21h (horário de Brasília). A partida ficará restrita no País ao serviço de streaming EI Plus, da Turner, que está disponível para assinantes do Uol Esporte Clube, e para a página do YouTube "El Canal Del Futbol", produzida no Equador.

A emissora disse não ter fechado os direitos de transmissão do jogo. A Globo fará somente a cobertura jornalística com a equipe no Brasil, sem enviar profissionais para o Peru em decorrência do coronavírus, de acordo com informações do portal Uol.

A empresa usará material enviado pela CBF TV, para montar as reportagens. A Globo também está fechando acordo para adquirir os melhores momentos do jogo em alta definição com a Mediapro, agência detentora dos direitos das partidas de oito federações nacionais das eliminatórias sul-americanas, incluindo a entidade peruana. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247