Globo: 'Parente em Palácio é alto risco de crise'

O editorial do jornal o Globo desta sexta-feira (15) afirma que os "filhos de Bolsonaro causam mais prejuízos à imagem do governo do que toda a oposição"; "É impossível separar o vereador Carlos, o senador Flávio (01) e o deputado federal, por São Paulo, Eduardo, o 03, da figura do presidente. O que fizerem de errado lançará estilhaços na Presidência", aponta o texto

www.brasil247.com - Globo: 'Parente em Palácio é alto risco de crise'
Globo: 'Parente em Palácio é alto risco de crise'


247 - O editorial do jornal o Globo desta sexta-feira (15) afirma que os "filhos de Bolsonaro causam mais prejuízos à imagem do governo do que toda a oposição". "Não há registro de grandes casos de sucesso quando laços de sangue pesam mais que currículos como passaporte de entrada em palácios. A desenvoltura e o estilo com que filhos de Jair Bolsonaro transitavam na campanha do pai justificaram apostas em que, eleito, o ex-capitão encontraria dentro de casa razões para se preocupar", aponta o texto. 

O editorial ainda afirma que "Apostas certeiras. A reação extemporânea do vereador Carlos Bolsonaro, o 02 no jargão de caserna da família, contra o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, gerou uma crise desnecessária dentro do Palácio, enquanto o pai recebia alta em São Paulo. E aumentou as preocupações dos militares que se encontram no primeiro escalão do governo com a confirmação da imprevisibilidade deste núcleo familiar do presidente"

"A lógica com que parentes atuam no poder não é simples. Pode haver alguma matéria delicada no Congresso, mas se um filho decide atacar um parlamentar de peso por alguma razão familiar subjetiva, o fará. É impossível separar o vereador Carlos, o senador Flávio (01) e o deputado federal, por São Paulo, Eduardo, o 03, da figura do presidente. O que fizerem de errado lançará estilhaços na Presidência", diz o texto. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email