HOME > Mídia

Globo: pedido contra Lula tem “cunho político”

"Ex-presidente deve aproveitar para reforçar a imagem de 'vítima de perseguições', enquanto a Lava-Jato terá de ser ainda mais consistente nas denúncias", diz editorial do jornal O Globo, de João Roberto Marinho; jornal diz ainda que a escolha deste momento para apresentar o pedido foi "desastrosa"

"Ex-presidente deve aproveitar para reforçar a imagem de 'vítima de perseguições', enquanto a Lava-Jato terá de ser ainda mais consistente nas denúncias", diz editorial do jornal O Globo, de João Roberto Marinho; jornal diz ainda que a escolha deste momento para apresentar o pedido foi "desastrosa" (Foto: Gisele Federicce)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O jornal O Globo se juntou ao coro que criticou o pedido de prisão preventiva apresentado por três promotores do Ministério Público de São Paulo contra o ex-presidente Lula, formado inclusive por políticos da oposição.

"Com frágil embasamento jurídico, sustentado em argumentação de cunho político, o pedido não demonstra força. Mas não deixa de ter desdobramentos", diz a direção do jornal, por editorial publicado neste sábado.

"Foi ruim para a imagem do Ministério Público, porque fez lembrar o caso do procurador Luiz Francisco Fernandes, de Brasília, que se dedicava a investigar o governo tucano de Fernando Henrique Cardoso", lembra o texto. "Outra implicação é ajudar Lula na conhecida manipulação de se mostrar como vítima de 'perseguições' do MP e das 'elites'", destaca.

Para o jornal, a escolha deste momento para apresentar o pedido também foi "desastrosa" por acontecer numa "semana tensa", às vésperas de manifestações contra o governo. "Depois deste escorregão do MP paulista, a Lava-Jato, de que participa o Ministério Público Federal, ganhou uma pressão adicional", aponta o editorial.

Leia aqui a íntegra.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: