Globo perde publicidade e corta salários de apresentadores em até 40%

Os cortes nos salários de profissionais como Fausto Silva e Fátima Bernardes devem girar entre 20% a 40% no salário de cada um, sem alterar os percentuais de ganhos com merchandising. Com isso, a Globo colocará um novo limite em sua alta folha, numa tentativa de se adequar à nova realidade do mercado publicitário para TVs

(Foto: Reprodução)

Do Br2pontos – Após reduzir os salários dos profissionais do jornalismo, dentre eles William Bonner; do esporte, como Tino Marcos; e atores e autores da dramaturgia; o próximo passo da Globo em sua reestruturação será negociar as renovações dos contratos milionários do entretenimento. Na lista estão os apresentadores Fausto Silva, Fátima Bernardes, Luciano Huck e Ana Maria Braga. Na expectativa das mudanças, internamente, existe um temor dos artistas sobre os valores e condições que serão propostas. Os cortes devem girar entre 20% a 40% no salário de cada um, sem alterar os percentuais de ganhos com merchandising. Com isso, a Globo colocará um novo limite em sua alta folha, numa tentativa de se adequar a nova realidade do mercado publicitário para TVs. A informação é do site Na Telinha.

O novo contrato já é resultado da unificação de todas as empresas Globo em um único CNPJ, através do projeto Uma Só Globo. Como exemplo, Luciano Huck poderá comandar um programa no Multishow sem aumento salarial, mas com ganhos em merchandising.

“Como todos sabem, há mais de cinco anos temos tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro. Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de negócios e também de gestão de talentos”, declarou fonte da Globo. “Em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado e com as novas dinâmicas de parceria da Globo com os seus talentos, estamos revendo modelos de contrato para atividades estratégicas nas múltiplas plataformas das empresas Globo”.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247