Governo Bolsonaro não se importa com os mortos de Covid-19 e chega ao fim, diz colunista da Folha

"Bolsonaro e seus filhos são sociopatas, gente sem responsabilidade moral nem consciência", escreve o jornalista Marcelo Leite, para quem o atual governo é "desnaturado", no sentido de "cruel, perverso, desumano, depravado"

Brazil's President Jair Bolsonaro wearing a protective face masks reacts during a news conference to announce measures to curb the spread of the coronavirus disease (COVID-19) in Brasilia, Brazil March 18, 2020. REUTERS/Adriano Machado
Brazil's President Jair Bolsonaro wearing a protective face masks reacts during a news conference to announce measures to curb the spread of the coronavirus disease (COVID-19) in Brasilia, Brazil March 18, 2020. REUTERS/Adriano Machado (Foto: ADRIANO MACHADO)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O jornalista Marcelo Leite, colunista do jornal Folha de São Paulo, afirmou que o governo “desnaturado” de Bolsonaro chegou ao fim, restando apenas “mortos da guerra contra fatos e leis da natureza, na esteira de uma epidemia de coronavírus descontrolada”.

A palavra “desnaturado”, para Marcelo, é traduzida como “cruel, perverso, desumano, depravado”, sendo características de Bolsonaro. 

“Bolsonaro e seus filhos são sociopatas, gente sem responsabilidade moral nem consciência”, escreve o colunista, que faz a interpretação do transtorno de personalidade dos Bolsonaros uma vez que “pouco lhes importa que garimpeiros estejam levando o Sars-CoV-2 para terras indígenas, ou que o vírus tenha tirado a vida de Alvanei Xirixana, 15. Pouco lhes importa que tenham morrido Naomi Munakata, Moraes Moreira e Rubem Fonseca, enterrados sem uma palavra de luto presidencial. Pouco se importarão se a Covid-19 levar Aldir Blanc”, acrescenta Marcelo.  

O colunista, por fim, afirma que “nenhum país do mundo testou quase 1/5 de sua população, um despropósito. Mas nenhum país importante do mundo tem um presidente desnaturado como Bolsonaro”. 

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247