Grupo da Comunidade Armênia contra Bolsonaro: lugar de fascista é 'na chon'!

A multi etnicidade do Brasil toma expressão com o repúdio à candidatura de extrema direita que leva riscos não só ao país, como também ao mundo - dada a importância do Brasil (adormecida) na cena internacional; o Grupo da Comunidade Armênia se mobilizou e produziu um abaixo-assinado digital, juntando-se à comunidade judaica como bastião de resistência na luta contra o fascismo extemporâneo brasileiro; atriz Aracy Balabanian, a eterna Dona Armênia das antigas novelas de TV, assina o documento

Grupo da Comunidade Armênia contra Bolsonaro: lugar de fascista é 'na chon'!
Grupo da Comunidade Armênia contra Bolsonaro: lugar de fascista é 'na chon'!

247 - A multi etnicidade do Brasil toma expressão com o repúdio à candidatura de extrema direita que leva riscos não só ao país, como também ao mundo - dada a importância do Brasil (adormecida) na cena internacional. o Grupo da Comunidade Armênia se mobilizou e produziu um abaixo-assinado digital, juntando-se à comunidade judaica como bastião de resistência na luta contra o fascismo extemporâneo brasileiro. Atriz Aracy Balabanian, a eterna Dona Armênia das antigas novelas de TV, assina o documento. 

O site Estação Armênia destaca a campanha: "após a repercussão nacional e internacional da campanha #elenão contra a candidatura de Jair Bolsonaro à Presidência da República, no último sábado, 29 , brasileiros de origem armênia intitulados "Armênios Pela Democracia" lançaram um manifesto na internet repudiando a candidatura do político do PSL".

A reportagem do site ainda sublinha: "o abaixo-assinado, que conta com mais de 300 nomes até o momento, ganhou um reforço de peso. Nesta segunda-feira (01), a atriz Aracy Balabanian, por meio de sua assessoria de imprensa, informou sua adesão ao manifesto "Armênios Contra Bolsonaro" assinando o texto e se posicionando contra o candidato".

E traça uma breve biografia da atriz: "Balabanian é natural de Campo Grande (MS), filha de sobreviventes do Genocídio Armênio, atua há mais de 50 anos no teatro, cinema e televisão, onde foi uma das pioneiras, despontando no infantil Vila Sésamo, além de ter participado de inúmeras novelas e séries de grande prestígio como A Próxima Vítima (1995) e Sai de Baixo (1996-2002)".

A matéria lembra o sucesso da atriz: "em seu papel mais icônico (não só para os armênios) interpretou a mãe superprotetora Dona Armênia na novela Rainha da Sucata (1990), cujo grande sucesso fez com que a personagem do bordão "na chon" aparecesse novamente em Deus Nos Acuda (1992), feito inédito até então na teledramaturgia brasileira".

 

Brasil 247 lança concurso de contos sobre a quarentena do coronavírus. Participe do concurso

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247