Guerra de versões sobre vendas de Natal entre Alshop e Ablos se intensifica

A Alshop (associação de Lojistas de Shopping) rebateu as acusações da Ablos (Associação Brasileira de Lojistas Satélites) e reiterou seus números sobre o aumento das vendas de Natal. O presidente da Alshop, Nabil Sahyoun, disse ter ficado “extremamente chateado”. Tito Bessa, presidente da Ablos, respondeu: "o Nabil não consegue provar os dados, não tem base técnicas, não fez pesquisa"

Em novo recuo, intenção de consumo das famílias cai 1,7% em maio
Em novo recuo, intenção de consumo das famílias cai 1,7% em maio
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Alshop (associação de Lojistas de Shopping) rebateu as acusações da Ablos (Associação Brasileira de Lojistas Satélites) e reiterou seus números sobre o aumento das vendas de Natal. O presidente da Alshop, Nabil Sahyoun, disse ter ficado “extremamente chateado”. Tito Bessa, presidente da Ablos, respondeu: "o Nabil não consegue provar os dados, não tem base técnicas, não fez pesquisa".

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca: "a Alshop (Associação dos Lojistas de Shopping) nega que os números sobre as vendas de Natal apresentados na última quinta-feira (26) estejam errados. No sábado (28), outra associação, a Ablos (Associação Brasileira dos Lojistas Satélites) contestou os dados divulgados pela entidade. Segundo a Alshop, o comércio natalino no varejo de shopping teve alta nominal de 9,5% em 2019 e crescimento anual de 7,5%. Os valores são nominais, o que quer dizer que não foi descontado o percentual da inflação."

Tito Bessa, presidente da Ablos, afirmou que a pesquisa interna da Ablos mostrou que 70% das lojas tiveram desempenho pior ou igual a 2018 e que 30% disseram que melhorou pouco."

A matéria ainda acrescenta que "o executivo citou ainda uma pesquisa feita pela Cielo mostra que o varejo total teve um crescimento nominal de 3,7% na semana do Natal, entre os dias 19 e 25 de dezembro. Sahyoun afirma que, quando a Ablos contesta os dados, está contestando todas as entidades consultadas pela Alshop, como a Abrasce (Associação Brasileira de Shopping Centers), que não tem os números fechados ainda, mas estimam alta parecidas."

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247