Huck sobre governo Bolsonaro: 'não é capaz de despressurizar a sociedade'

"Eu não acho que o governo que a gente tem vai ser capaz de despressurizar a sociedade como ela deveria. Na sociedade, a parte que pode, vai ter que ajudar a parte que não pode", disse o apresentador da Rede Globo

Huck Bolsonaro
Huck Bolsonaro (Foto: Huck Bolsonaro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O apresentador Luciano Huck, da Rede Globo, voltou a criticar o governo Jair Bolsonaro frente ao enfrentamento a pandemia do coronavírus. Em uma transmissão ao vivo com a o rabino Michel Schlesinger, presidente da Congregação Israelita Paulista, Huck declarou que o governo precisa estar aberto ao diálogo com a sociedade civil, com acadêmicos e com cientistas para executar as medidas de combate à pandemia.

"Eu não acho que o governo que a gente tem vai ser capaz de despressurizar a sociedade como ela deveria. Na sociedade, a parte que pode, vai ter que ajudar a parte que não pode", disse o apresentador da Rede Glbo, eventual andidato dos bilionários à presidência da República que foi um dos apoiadores do projeto neofascista de Jair Bolsonaro no segundo turno de 2018.

Ao pedir apoio em doações daqueles com melhores condições, Huck voltou a critica a campanha contra o isolamento defendida por Bolsonaro. "A gente quer que a economia religue, a gente quer que as pessoas voltem aos seus empregos, a gente quer ninguém perca o emprego. Mas isso tem que ser feito com coordenação, com cuidado, com competência, tem que reunir o que tem de melhor na sociedade civil, na ciência, na academia e, se Deus quiser, conseguir um governo que ouça e tenha capacidade de execução", disse Huck.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email