Imprensa argentina aponta erro da Globo em relação a Lula e Dilma

Apresentador do jornal 'El Diário', do canal C5N, critica duramente a TV Globo por ter anunciado que trecho da delação premiada da JBS indicava que haveriam contas de propina no exterior em nomes de Lula e Dilma, nas quais teriam sido depositados US$ 150 milhões; com isso, afirmou o apresentador, a Globo tentou "confundir a opinião pública"; a emissora retificou a notícia "por uma única fez, muito rapidamente", quando informou que as contas, "na verdade", estavam em nome do empresário Joesley Batista, criticou ainda o jornalista; assista

Apresentador do jornal 'El Diário', do canal C5N, critica duramente a TV Globo por ter anunciado que trecho da delação premiada da JBS indicava que haveriam contas de propina no exterior em nomes de Lula e Dilma, nas quais teriam sido depositados US$ 150 milhões; com isso, afirmou o apresentador, a Globo tentou "confundir a opinião pública"; a emissora retificou a notícia "por uma única fez, muito rapidamente", quando informou que as contas, "na verdade", estavam em nome do empresário Joesley Batista, criticou ainda o jornalista; assista
Apresentador do jornal 'El Diário', do canal C5N, critica duramente a TV Globo por ter anunciado que trecho da delação premiada da JBS indicava que haveriam contas de propina no exterior em nomes de Lula e Dilma, nas quais teriam sido depositados US$ 150 milhões; com isso, afirmou o apresentador, a Globo tentou "confundir a opinião pública"; a emissora retificou a notícia "por uma única fez, muito rapidamente", quando informou que as contas, "na verdade", estavam em nome do empresário Joesley Batista, criticou ainda o jornalista; assista (Foto: Gisele Federicce)

247 - A mídia argentina fez uma dura crítica à TV Globo na cobertura da delação premiada dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, no âmbito da Operação Lava Jato. Ele também diz que a Globo é o Clarín (jornal argentino)do Brasil.

O jornalista Victor Hugo, apresentador do jornal 'El Diário', do canal C5N, disse que a emissora brasileira tentou "confundir a opinião pública" quando anunciou que trecho dos depoimentos indicavam que haveriam contas de propina no exterior em nomes de Lula e Dilma, nas quais teriam sido depositados US$ 150 milhões, notícia que foi capa dos principais jornais do País no dia seguinte.

A TV Globo retificou a notícia "por uma única fez, muito rapidamente", criticou ainda o âncora argentino, quando informou que as contas, "na verdade", estavam em nome do empresário Joesley Batista, e não dos ex-presidentes.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247