CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mídia

Internautas demonstram apoio ao decreto do governo que aumenta a fiscalização sobre a compra de armas

No Twitter, a sigla CACs foi parar no trending topic (tópico em tendência)

Imagem Thumbnail
Apreensões da Operação Desarmada da PF do Rio (Foto: Divulgação/Polícia Federal)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Políticos e internautas demonstraram apoio à iniciativa do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que aprovou nesta sexta-feira (21) um decreto para aumentar a fiscalização da compra de armas no Brasil. No Twitter, a sigla CACs foi parar no trending topic (tópico em tendência), um dos assuntos mais comentados na rede social.

De acordo com a presidente nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), os colecionadores, atiradores desportivos e caçadores (CACs) "que foram usados pra armar inclusive bandidos, vão ser fiscalizados agora pela PF e deveriam ser fechados". "Pra que serve um clube de colecionadores de armas, atiradores desportivos e caçadores, a não ser para estimular violência? O fim dos CACs seria providencial".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Outro perfil escreveu: "governo Lula acaba de decretar que vai limitar o acesso de civis a armas e munições". "Isso vai restringir o número de armas que podem ser adquiridas por integrantes de CACs e o funcionamento de clubes de tiro. Acabou a farra das armas no Brasil. Golaço de Lula e Dino".


 

 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO