Janio: PL atende a necessidade de enfraquecer o PMDB

“Desde a volta ao regime civil, o PMDB tem usado a sua preponderância parlamentar como fator desestabilizante”, diz o colunista Janio de Freitas; segundo ele, a nova aliança articulada por Gilberto Kassab com o PL "quebraria a perniciosa predominância parlamentar com que o PMDB se faz operador de crises, tanto políticas como de governabilidade. Contra o país"

“Desde a volta ao regime civil, o PMDB tem usado a sua preponderância parlamentar como fator desestabilizante”, diz o colunista Janio de Freitas; segundo ele, a nova aliança articulada por Gilberto Kassab com o PL "quebraria a perniciosa predominância parlamentar com que o PMDB se faz operador de crises, tanto políticas como de governabilidade. Contra o país"
“Desde a volta ao regime civil, o PMDB tem usado a sua preponderância parlamentar como fator desestabilizante”, diz o colunista Janio de Freitas; segundo ele, a nova aliança articulada por Gilberto Kassab com o PL "quebraria a perniciosa predominância parlamentar com que o PMDB se faz operador de crises, tanto políticas como de governabilidade. Contra o país" (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Para Janio de Freitas, se autorizado pela Justiça Eleitoral e cumpridos os acordos para adesão de deputados, o Partido Liberal resultará, mais do que no fortalecimento de Dilma Rousseff, no enfraquecimento do PMDB, uma necessidade do país.

“Desde a volta ao regime civil, o PMDB tem usado a sua preponderância parlamentar como fator desestabilizante”, diz.

“Não é preciso mencionar o que o PMDB das pautas-bombas tem feito. É suficiente chamar atenção para o verdadeiro sentido da ação do PMDB: Dilma é vítima apenas circunstancial, do PMDB como do PSDB, porque a verdadeira vítima é o país”, acrescenta.

Segundo ele, “a nova aliança quebraria a perniciosa predominância parlamentar com que o PMDB se faz operador de crises, tanto políticas como de governabilidade. Contra o país” (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247