Janio: Temer abre caminho para Cunha no Planalto

Colunista Jânio de Freitas aponta responsabilidade do vice Michel Temer na assinatura dos decretos por créditos suplementares, que sustentam o pedido de impeachment de Dilma; também ressalta “sua óbvia conivência” com as atitudes de Eduardo Cunha: “Temer, o fisiológico, que só se mostrou interessado em cargos, não é isento de responsabilidade na criação e no prolongamento da crise política que agrava a crise econômica. E desmoraliza mais o país”; sendo assim, já fala no risco de Cunha chegar ao Planalto 

Colunista Jânio de Freitas aponta responsabilidade do vice Michel Temer na assinatura dos decretos por créditos suplementares, que sustentam o pedido de impeachment de Dilma; também ressalta “sua óbvia conivência” com as atitudes de Eduardo Cunha: “Temer, o fisiológico, que só se mostrou interessado em cargos, não é isento de responsabilidade na criação e no prolongamento da crise política que agrava a crise econômica. E desmoraliza mais o país”; sendo assim, já fala no risco de Cunha chegar ao Planalto 
Colunista Jânio de Freitas aponta responsabilidade do vice Michel Temer na assinatura dos decretos por créditos suplementares, que sustentam o pedido de impeachment de Dilma; também ressalta “sua óbvia conivência” com as atitudes de Eduardo Cunha: “Temer, o fisiológico, que só se mostrou interessado em cargos, não é isento de responsabilidade na criação e no prolongamento da crise política que agrava a crise econômica. E desmoraliza mais o país”; sendo assim, já fala no risco de Cunha chegar ao Planalto  (Foto: Roberta Namour)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O colunista Jânio de Freitas aponta responsabilidade do vice Michel Temer na assinatura dos decretos por créditos suplementares, que sustentam o pedido de impeachment de Dilma: ‘Se "pedaladas" deste ano agravam para Dilma, também o fazem para Temer, que as assinou em 2014 e 2015’.

Ele também ressalta “sua óbvia conivência” com as atitudes de Eduardo Cunha: “Temer, o fisiológico, que só se mostrou interessado em cargos, não é isento de responsabilidade na criação e no prolongamento da crise política que agrava a crise econômica. E desmoraliza mais o país”.

Nessa perspectiva, já fala no risco de Cunha chegar ao Planalto: “Bem, se você pensa na hipótese de que a Lava Jato, se pegou um senador, pegue Eduardo Cunha antes que chegasse à Presidência: é possível. Mas vale lembrar que Delcídio do Amaral não é do PMDB do vice” (leia aqui).

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247