João Barone e Zé de Abreu brigam no Twitter

Baterista do Paralamas do Sucesso escreveu que a presidente podia se preocupar mais com a seca do Nordeste em vez de pedir que "carreguem nas tintas da Comissão da Verdade"; ator da Globo rebateu: "fiquei muito impressionado com sua ignorância política"

João Barone e Zé de Abreu brigam no Twitter
João Barone e Zé de Abreu brigam no Twitter
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – Um tuíte publicado pelo baterista da banda de rock Paralamas do Sucesso, João Barone, provocou um alvoroço no Twitter neste domingo 31. "A 'presidenta' pede que carreguem nas tintas da Comissão da Verdade. Podia se preocupar é com a seca no Nordeste e outros problemas maiores", escreveu o músico, despertando a reação de vários usuários, principalmente do ator da Globo Zé de Abreu, que rebateu: "Fiquei muito impressionado com sua ignorância política. Foi vc quem escreveu aquelas merdas hoje?"

Barone escreveu em seguida, mais de uma vez, que sua declaração estava sendo distorcida. "Está tudo lá, se não teve, digamos, a sensibilidade para entender, não sou eu quem vai te explicar nada", escreveu ele a Zé de Abreu. Acrescentou, em seguida, em referência ao período da ditadura militar: "Crime é crime em qualquer época. Só estranhei a Dilma vir a público querer show".

Enquanto isso, o ator partiu para o ataque: "Mesmo porque lhe faltam requisitos básicos: vc reclama da luta contra a ditadura? Que Deus lhe quebre as baquetas". Abreu o chamou de "roqueiro careta" e de "roqueiro de direita" e desejou-lhe: "Que Deus lhe quebre as baquetas". O músico provocou: "Zé Dirceu, ops, desculpe, é de Abreu, né? RSrr!!!! Quem gostava de eleger inimigo assim para atacar era um tal de Adolfo...".

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email